• Guanabara passagens é a 2ª que mais vende passagem rodoviária

    Autor:

    Redação

    Data: 22/07/2014

    Guanabara é uma das que mais vende passagens.

    Guanabara é uma das que mais vende passagens.

    Se tudo ocorrer como está, a companhia de ônibus Guanabara passagens tem tudo para fechar o ano de 2014 com a segunda posição entre as empresas de transporte rodoviário que mais venderam passagens de ônibus para viagens intermunicipais e interestaduais do Brasil. Além do aumento do fluxo rodoviário devido às viagens internacionais durante a Copa do Mundo, a direção da auto viação aposta que a modernização e qualificação na hora de oferecer as reservas rodoviárias, têm ajudado a empresa conquistar melhores posições nos últimos meses. Implantação de novos guichês de atendimento em terminais rodoviários de capitais, concluídos há seis anos ainda é tido como modelo para várias concorrentes.

    Ônibus rodoviários terão seis novos eixos no ABC

    Autor:

    Redação

    Data: 21/06/2013

     

    Novos ônibus rodoviários ABC Paulista

    Os ônibus rodoviários que já operam as linhas da região do ABC Paulista agora terão mais seis novos eixos para integrar o acesso entre pontos prioritários da região e outras vias de São Paulo, como o Metrô, as rodoviárias e os corredores de ônibus. Os seis novos eixos foram propostos pelo Consórcio Intermunicipal do complexo paulista e oficializados pelo prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho, e presidente do grupo composto por sete chefes do executivo. A construção dos seis novos acessos custará cerca de R$ 2,7 bilhões e deverá ser bancado pelo Ministério de Orçamento, Planejamento e Gestão com aval da ministra Miriam Belchior e da presidente Dilma Rousseff.

    O investimento é quatro vezes mais barato do que o plano completo apresentado pelo Consórcio, no final de abril deste ano. Mesmo com a impossibilidade de financiar o projeto, os prefeitos apresentaram a ideia a Dilma, que defendia a construção de 16 eixos para intensificar a compra de passagens com gatos de até R$ 8 bilhões no total. O Consorcio se mexe para compensar os gastos futuros na implantação dos novos eixos. É provável que após as obras uma Rede Regional de Transporte Coletivo seja criada para gerenciar o programa de interesse regional. Essas medidas também aumentam as expectativas de sucesso por parte da aprovação do Governo Federal. Dia 7 de junho é a data final para ajustar os detalhes dos ônibus passagens.

    Seguindo viagem: ônibus rodoviários ou aviões?

    Autor:

    Redação

    Data: 26/02/2013

    Vai viajar, mas está na dúvida entre ônibus rodoviários e aviões? Então se acalme e descubra algumas dicas importantes que podem fazem a diferença na hora de você tomar essa decisão. O primeiro fator que se deve levar em consideração é a distância que será percorrida até o destino da viagem, afinal, ninguém quer ter uma viagem cansativa e desgastante, não é mesmo? Pois bem, se a sua viagem for equivalente até 700 km o aconselhável, neste caso, é seguir caminho por terra.  Além de ser mais barato e acessível, os trajetos feitos pelos expressos, oferecem maior segurança e são muito cômodos na compra de passagens.

    Oferecer uma viagem mais cara do que a rodoviária, não é apenas o único ponto negativo a ser discutido contra as viagens de avião. Diferente do que acontece nos ônibus, não são em todas as cidades que os aviões podem pousar. Os aeroportos sempre ficam distantes da cidade e a viagem sempre ocorre com atrasos. No caso dos ônibus, as rodoviárias normalmente são bem localizadas, as bagagens nunca são extraviadas (perdidas) e o usuário não perde o dinheiro se desistir da viagem. O grande segredo de uma boa viagem está no saber escolher o melhor meio de transporte para cada ocasião. Seja por ar ou por terra, nunca se esqueça de calcular a distância, os valores e a acessibilidade que cada meio pode dar a você.

    Graças a alguns sites de compras de passagens, ficou fácil reservar um bilhete e programar uma viagem para outro estado, por exemplo. Você pode pesquisar preços, determinar os melhores horários disponíveis para ida e volta e ainda comprar os bilhetes de ônibus com indicação da poltrona aonde vai se sentar, e tudo sem sair de casa. Outra vantagem para os passageiros que preferem viajar de ônibus está na diferença dos preços fixados entre os dois tipos de companhia. Enquanto as linhas aéreas promovem descontos especiais durante feriados e datas especiais, viajar de ônibus sempre fica mais em conta, independente do dia que desejar utilizar o serviço. Esta facilidade é uma ótima opção quando se quer alterar a data da viagem, ou descontar o valor pago no bilhete para uma próxima viagem, isso porque dificilmente os preços sofrem alterações.

    Passagens promocionais rodoviárias em dias semanais

    Autor:

    Redação

    Data: 11/08/2012

    Consulte sempre passagens promocionais rodoviárias em dias de semana, especialmente as terças, quartas e quintas-feiras, onde o fluxo é menor. Como acontece no ramo aéreo, para os dias menos turbulentos você pode encontrar bilhetes com até 40% de desconto e também preste sempre atenção às viagens noturnas que seguem essa lógica. Essas ações das auto viações incentivam muito empresas a comprarem para seus executivos, proporcionando uma economia mensal e a garantia de não se perder um dia somente para viajar.

    As promoções são sempre constantes e atuantes para todos os itinerários, sem exceções. Empresários optam muitas vezes por realizar médios trajetos (até 500 km de distância) a bordo dos ônibus rodoviários, onde as companhias já possuem veículos com assentos- leitos, travesseiros, mantas, sistema wi-fi e telas LCD para acompanhar filmes e relaxar. A dica passada é aproveitar os descontos para se acomodar na linha de coletivos de 1ª classe, onde se acaba pagando nestes dias especiais, o valor de um ônibus convencional em finais de semana e racionalmente, pelo menos, metade do valor do embarque aéreo. O conforto desses carros é tão grande que dormir acaba sendo mais que um convite. As pessoas como aposentados, àquelas que têm medo de voar (e não suportam as grandes esperas em aeroportos), estudantes, casais em férias, turmas de esportistas, mochileiros, donas de casa, profissionais autônomos, e entre outros aprovam a ideia.

    Além de economizar no bolso, o stress nesses trajetos é o menor possível, certamente. Não há taxas avulsas, o horário é sempre efetuado com pontualidade e a viagem em si é serena, pois o fluxo de caminhões, carros e outros veículos são diminuídos, notavelmente visto nas rodovias. Pense sempre em consultar antes de sair, pela internet, possíveis ofertas nestes dias, também podendo comprar seus tickets por sites de agencias de turismo on-line, onde facilmente com o seu cartão de crédito, podem ser até divididas em pagamentos mensais, dando ainda mais conforto, sem sair de casa ou do escritório. Na hora de embarcar, chegue ao guichê da transportadora escolhida na rodoviária e apresente um documento para se identificar (RG) e pegar seu extrato para sua jornada.

    Passagens de ônibus Expresso Guanabara, a maior viação do Nordeste

    Autor:

    Redação

    Data: 13/07/2012

    Compre passagens de ônibus na Auto Viação Expresso Guanabara, uma empresa jovem, completando 20 anos em agosto de 2012, atendendo, nos dias atuais, mais de 1000 locais espalhados pelo Nordeste, Centro-Oeste e Norte do Brasil, comercializando muitas passagens que se distribuem para suprir seus 400 veículos modernos, confortáveis e com toda aquela satisfação em suas viagens. A empresa também é considerada uma das 5 maiores companhias brasileira no ramo rodoviário, com serviços de qualidade e empreendedorismo em se lançar a frente ao equipar 100% de toda a sua frota. A empresa se localiza em Fortaleza (CE), mas possui garagens nas demais grandes cidades nordestinas.

    A Expresso Guanabara é a maior transportadora que opera no Nordeste, havendo uma grande mudança a partir de sua fundação, integrando as regiões do país citadas e dispondo de novas rotas para negócios e viagens entre as cidades. Com a expansão dessa empresa, o turismo também saiu na frente em possibilitar novos roteiros, aumentando a procura de outros mercados como de hospedagem, alimentação, comércio de artesanatos e lembranças para os viajantes. A viação não sai na frente somente por conter um número maior de unidades de transporte com idade média de 1.8 anos (se somadas as frotas das outras companhias das redondezas), mas por agregar tecnologia no controle e manutenção de seus ônibus rodoviários por computadores e sempre estar atualizando seus funcionários com cursos nas áreas de mecânica, recursos humanos e outros pelo SENAI.

    Uma novidade que se dispõe no momento para seus passageiros é a possibilidade de viajar para o Sudeste, conforme parceria estabelecida com a Auto Viação Real Expresso, sediada no Distrito Federal. Com essa nova conexão rodoviária, tripulantes vão até Brasília ou Goiânia, onde automaticamente trocam de veículo, sendo esse itinerário já combinado na compra da passagem de ônibus na cidade de origem, assegurado pela Guanabara, com total conforto e tranquilidade, no reembarque sem esperas. Assim, os nordestinos poderão conhecer as belas paisagens dos estados de Goiás e Tocantins e migrarem para os principais destinos de São Paulo, Uberlândia, Uberaba, Ribeirão Preto, Campinas, São José dos Campos e Rio de Janeiro, onde já se tem procuras e reservas para esses pontos, que intensifica a comunicação, diminuindo a distância entre empresas, resultando em mais parcerias.

    Trechos de grande concorrência entre viações e aviações

    Autor:

    Redação

    Data: 14/06/2012

    No mercado de transportes, muitos fatores são pensados na hora de escolha pelos clientes como o tempo de viagem, as tarifas cobradas, cidades atendidas, as estradas e rodovias percorridas, formas de pagamento e acessos até os pontos de embarque e desembarque como exemplos. Devido a isso, as companhias de transportes rodoviários, aéreos e marítimos se antecipam em poder oferecer muito mais conforto, segurança, qualidade e outros diferenciais que possam atrair mais passageiros. Com certeza, muitos destinos são determinantes por tais meios, fazendo o turista escolher sem pensar. Mas existem alguns trechos que ainda fazem pairar a dúvida, como entre as rotas:

    • São Paulo para Curitiba
    • São Paulo para Rio de Janeiro

    Nas metrópoles citadas acima, existe um forte briga entre as transportadoras rodoviárias e aéreas, onde relação custo-benefício pode variar sobre os horários, dias da semana, época do ano e tempo de espera. Se pensarmos em aviões, as duas jornadas em questionamento levam 1 hora de duração cada, mas temos que contar também (exemplo) o deslocamento ao aeroporto de Congonhas em São Paulo ou de Cumbica em Guarulhos (pelo menos 50 km de distância) e o valor gasto, também se deve levar em conta chegada com antecedência de 1 hora para check-in e o tempo de retirada de bagagens no final e o percurso de saída do aeroporto até algum ponto mais urbano ou mesmo estação de METRO. Se pensarmos isso tudo em horas, muitas vezes o tempo é semelhante ou com pouca diferença, crescendo a incerteza ainda se somarmos possíveis atrasos ou esperas e quanto dinheiro gasto em toda partida.

     

    Realmente é positivo afirmar escolher os ônibus rodoviários nessas viagens médias, mesmo porque as rodoviárias, especialmente nesses casos citados, são de total integração com outras formas de locomoção e se localizam em pontos mais centralizados. Outro pensamento é que nessas viagens que duram até 6 horas nos veículos de auto viações, são disponibilizados luxuosos ônibus, a maioria executiva com leitos e cama leitos (dependem dos horários), trazendo um passeio tranquilo, de ir relaxando e dormindo de verdade. Pense bem, saiba que se pode viajar pela companhia Cometa (Curitiba/São Paulo), Expresso do Sul e 1001 (Rio de Janeiro/São Paulo).

    Com greve no METRO transportes rodoviários também sentem diferenças

    Autor:

    Redação

    Data: 26/05/2012

    Com a recente greve em Belo Horizonte, Recife, Maceió, João Pessoa, Natal, Porto Alegre e São Paulo as companhias de viação foram muito procuradas. Os desacordos entre sindicatos e as empresas responsáveis pelo METRO e do sistema ferroviário continuam acentuados, provocando muitos engarrafamentos e superlotações de coletivos municipais, motos e carros. Com esses meios de transportes parados, pessoas começaram a irem trabalhar como os próprios automóveis, trazendo mais caos para as capitais. O rodízio de veículos foi suspenso inclusive na capital paulista, pondo de refém a prefeitura sob toda essa situação.

    Os muitos trabalhadores das metrópoles citadas, muitas vezes saem de cidades vizinhas ou distantes até 100 km desses centros urbanos onde se deslocam usando mais de um meio de locomoção. A outra idéia é utilizar um ônibus interurbano, é o caso que tem ocorrido nesses dias e aumentado a venda dos bilhetes dessas transportadoras. As rotas mais usadas muitas vezes chegam a ser desviadas, devido resposta dos trânsitos nas principais avenidas e ruas. Mesmo com mais uso dos veículos não foi somente possível comportar a alta demanda de viajantes, proporcionando algumas viações a rodarem com quase 100% de suas frotas, sejam as conduções novas quanto àquelas mais antigas e utilizadas em casos de fretamento, turismo e modelos até como vans e micro-ônibus.

    As auto viações tem consciência do seu papel como entidades que se preocupam com o acesso dos passageiros, mas sabem que esse movimento é uma situação aguda e que muitos não possuem condições diárias para a realização contínua de viajar pelas rodovias e estradas, pois suas firmas ou sua renda não são capazes de arcar com mais despesas, mesmo comprovando-se mais eficiência, conforto e qualidade dos transportes por ônibus rodoviários. A situação é acompanhada como sendo uma verdadeira “batata quente” onde as obrigações e direitos dos funcionários são deixados de lado, porém a união faz a força e nesses momentos de tensão, é que são percebidos a falta dos meios e o caos ocasionado em suas ausências. Os problemas são passados para as prefeituras das cidades, onde por sua vez, repassam para as auto viações, taxi e outras formas. Seres humanos sofrem por trabalho e o resultado acaba ferindo outros que, assim nem conseguem chegar ao seu expediente.

    Na madrugada, passagens rodoviárias têm descontos

    Autor:

    Redação

    Data: 21/05/2012

    Uma notícia, que para muitos não é nenhuma novidade, é comprar passagens rodoviárias para horários e itinerários saindo à noite ou de madrugada, com preços menores. São dados constatados de fácil acesso por sites de empresas de turismo on-line, as quais se reparam nessas diferenças conforme as buscas por datas e algumas empresas encontradas. Os descontos em compras com antecedência (exemplos passagens aéreas) não são submetidos no marketing rodoviário (ainda), mas as vantagens são dadas por pessoas que irão viajar a trabalho, para longas durações e aquelas que têm condições de se deslocar sem problemas com tempo ou conhecem os locais de desembarque. As vantagens de se deslocar na madrugada é a comodidade de certamente ter uma viagem mais calma e sem muitas conversas, não se preocupar com problemas de clima e temperaturas altas, sem congestionamentos, tendo um passeio mais agradável e rápido.

    As passagens de ônibus rodoviárias muitas vezes são oferecidas por auto viações como a Cometa, chegam a constar diferenças de até 15% de desconto, em alguns trechos especialmente no Estado paulista. Estas ações realmente estimulam a compra, sendo muito facilmente estabelecida antecipadamente a aquisição pelas mesmas, e em muitas vezes, esgotando-se antes dos horários diurnos. As vantagens são tidas em algumas companhias por designarem ônibus rodoviários tipo leitos e leitos totais, os quais chamam a atenção de passageiros por poderem ir dormindo mesmo, descansando de cansativos dias ou relaxando como devem, para aguentarem a jornada seguinte, em outra localidade. A outra compensação é disporem dessas acomodações com mais luxo, que em horários rotineiros custariam muito mais. “A gente pode pagar o valor da convencional”, diz viajante de São José do Rio Preto com destino a São Paulo.

    Os motoristas que operam essas trajetórias são especialmente treinados em cursos e testados por demais fiscais de trânsito e das próprias transportadoras, contendo muito rigor até em testes realizados com especialistas da saúde como médicos e psicólogos, avaliando condições de saúde e mental dos locomotores. Oriente-se com horários e dia para suas viagens avalie as possibilidades de economizar dinheiro de passagens rodoviárias e use os buscadores disponíveis na internet para ver as mesmas rotas em viações diferentes, pois a concorrência nesse setor é cada vez mais acentuada.

    Lembre-se que crianças de colo até cinco anos são isentas de pagamentos e jovens com carteirinha de estudantes pagam somente metade dos valores.

    Transporte de passageiros rodoviários há mais de 80 anos

    Autor:

    Redação

    Data: 05/05/2012

    As viações de ônibus interurbanos são parceiras inesquecíveis em viagens. Segurança, confiança, pontualidade em pontos de chegada e saída, sempre organizadas para oferecer conforto, hospitalidade e limpeza no interior de seus veículos. Os destinos são curtos ou longos, para lugares calmos ou festejados pontos turísticos, diversão ou negócios as companhias comercializam suas passagens rodoviárias há mais de 80 anos no Brasil, baseada na Auto Viação Catarinense, a mais antiga. São tradicionais nomes de transportadoras que fazem serviço buscando sempre a excelência em atendimento e fidelidade com seus clientes, sempre no intuito de renovar seus serviços e sua frota e sempre trabalhando com motores menos dolosos à natureza do planeta, como também informatização total de seus sistemas de busca e manutenção de seus carros. Os ônibus rodoviários podem ser encontrados em modelos como os convencionais, leitos executivos, leitos totais e Double Decker com dois andares, micro ônibus e veículos especiais luxuosos. Muitos modelos contam com marcas como Volvo, Mercedes Benz, Scania e Marcopolo.


    O Sudeste e Sul do país são as regiões do surgimento dessas viações, referências com a ligação aos principais centros urbanos, conforme a economia foi crescendo e a escolha de compra de passagens de ônibus foi tomando as dadas proporções atuais, como total melhora de estradas e criação de tantas outras nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste também, integrando toda a economia brasileira. Muitos investimentos foram feitos nesse setor em virtude de direitos e normas para serem cumpridas pelas organizações e passageiros, diante das fiscalizações de entidades governamentais. Grandes grupos administradores de transportes foram montados, empresas se fundiram ou passaram a integrar uma só liderança, crescendo em números de frotas, rotas, passagens rodoviárias, estados atendidos e destinos oferecidos. É o caso da Expresso Guanabara, do Grupo LCA, Nacional Expresso, dentre outros conglomerados. Outro ponto forte é um grande número de empresas oferecendo itinerários iguais, ocasionando uma grande concorrência nos quesitos de conforto, preço e qualidades dos autocarros e serviços. Os grandes fluxos ainda estão ligados às megalópoles Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP), obviamente, mas outras 11 capitais atendem com expressivos números, vibrando com o mercado com investidores, como nos municípios:

    1.    Belo Horizonte (MG);
    2.    Vitória (ES);
    3.    Salvador (BA);
    4.    Recife (PE);
    5.    Natal (RN);
    6.    Fortaleza (RN);
    7.    Campo Grande (MS);
    8.    Aracaju (SE);
    9.    Curitiba (PR);
    10.    Florianópolis (SC) e
    11.    Brasília (DF).