Vai viajar, mas está na dúvida entre ônibus rodoviários e aviões? Então se acalme e descubra algumas dicas importantes que podem fazem a diferença na hora de você tomar essa decisão. O primeiro fator que se deve levar em consideração é a distância que será percorrida até o destino da viagem, afinal, ninguém quer ter uma viagem cansativa e desgastante, não é mesmo? Pois bem, se a sua viagem for equivalente até 700 km o aconselhável, neste caso, é seguir caminho por terra.  Além de ser mais barato e acessível, os trajetos feitos pelos expressos, oferecem maior segurança e são muito cômodos na compra de passagens.

Oferecer uma viagem mais cara do que a rodoviária, não é apenas o único ponto negativo a ser discutido contra as viagens de avião. Diferente do que acontece nos ônibus, não são em todas as cidades que os aviões podem pousar. Os aeroportos sempre ficam distantes da cidade e a viagem sempre ocorre com atrasos. No caso dos ônibus, as rodoviárias normalmente são bem localizadas, as bagagens nunca são extraviadas (perdidas) e o usuário não perde o dinheiro se desistir da viagem. O grande segredo de uma boa viagem está no saber escolher o melhor meio de transporte para cada ocasião. Seja por ar ou por terra, nunca se esqueça de calcular a distância, os valores e a acessibilidade que cada meio pode dar a você.

Graças a alguns sites de compras de passagens, ficou fácil reservar um bilhete e programar uma viagem para outro estado, por exemplo. Você pode pesquisar preços, determinar os melhores horários disponíveis para ida e volta e ainda comprar os bilhetes de ônibus com indicação da poltrona aonde vai se sentar, e tudo sem sair de casa. Outra vantagem para os passageiros que preferem viajar de ônibus está na diferença dos preços fixados entre os dois tipos de companhia. Enquanto as linhas aéreas promovem descontos especiais durante feriados e datas especiais, viajar de ônibus sempre fica mais em conta, independente do dia que desejar utilizar o serviço. Esta facilidade é uma ótima opção quando se quer alterar a data da viagem, ou descontar o valor pago no bilhete para uma próxima viagem, isso porque dificilmente os preços sofrem alterações.

COMPARTILHARShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+