Preço passagens de ônibus base VLT

O Preço da passagem de ônibus servirá de base para que o valor da tarifa do VLT – Veículo Leve sobre Trilhos caiba no bolso de todo cidadão. O novo meio de locomoção foi criado pela Secopa, Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo e vai ser utilizado na Grande Cuiabá. Como já é de costume em países europeus, a ideia do VLT é ser acessível a todos. Durante visita a Zaragoza, na Espanha, o responsável pelo projeto aqui no Brasil, Maurício Guimarães acompanhou como é gerido o sistema de operação do moderno transporte público.Na Europa o veículo é tarifado junto com as passagens de ônibus e chega a custar 1,35 euros, o que é equivalente a cerca de R$ 3,20 por aqui.

As integrações que hoje são comercializadas no Brasil registram custos de R$ 2,85, valor que Maurício acredita bancar com as operações do VLT. Mas na verdade quem vai determinar o valor correto para os bilhetes de ônibus e do VLT é a Oficina – Engenheiros Consultores Associados Ltda, uma empresa contratada pela secretaria para fazer o levantamento de todos os custos operacionais de Cuiabá, tanto quando uma planilha contendo os gastos esporádicos. O valor deve ser apresentado em pelo menos três meses e vai custar R$ 143,2 mil ao governo federal.

O objetivo da empresa contratada também é realinhar os trajetos entre as viagens de ônibus e os embarques no VLT em Cuiabá. O trabalho também envolve a contratação de assessores técnicos com conhecimento na malha viária da cidade. Eles ajudaram a detalhar e modelar o sistema, além de orientar os passageiros quanto as melhores opções de integração entre os serviços. Quando a integração passar a ser efetiva é possível que parte da frota municipal dos ônibus passagens que atendem todos os bairros de Cuiabá fique parada. De acordo com levantamento da SMTU – Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes Urbanos, a cidade possui 370 coletivos entre os que circulam e estão na reserva. Apesar disso, mais de 570 ônibus passam pelas ruas cuiabanas diariamente. O número é correspondente à frota de veículos intermunicipais que operam Cuiabá e Várzea Grande.

COMPARTILHARShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+