• O que fazer quando tiver problemas com a passagem rodoviária?

    Autor:

    Redação

    Data: 12/05/2017

    cancelar passagemA ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) regulariza regras para viagens de ônibus intermunicipais, interestaduais e internacionais, que devem ser respeitadas quando surge algum imprevisto na hora de viajar. Conhece-lás ajuda o consumidor a tomar a melhor decisão e não ter prejuízos antes, durante e depois de embarcar. Para ajudar os passageiros a terem uma experiência positiva com as viagens de ônibus de longa distância, preparamos um guia prático para ler antes de comprar o bilhete, vamos consultar?

    Dicas de destinos para viajar no feriado de Tiradentes

    Autor:

    Redação

    Data: 15/04/2017

    praias brasileiras

    O feriadão de Páscoa mal terminou e já tem gente fazendo planos pra botar o pé na estrada novamente e ir pra bem longe de casa, no feriado de Tiradentes. Se você ainda não sabe para onde ir, saindo do terminal rodoviário de Salvador, pode aproveitar nossas dicas de destinos para este final de semana prolongado, fazendo boas economias em um dos Estados mais movimentados nesta época do ano.

    Compra de passagem rodoviária deve movimentar R$ 702 milhões

    Autor:

    Redação

    Data: 20/10/2016

    comprar com cartão de crédito

    Reserva pela internet está em crescimento no Brasil.

    Só as reservas finalizadas pela internet, devem render as empresas de transporte rodoviário R$ 702 milhões, até o final do ano. Essa é a estimativa que o setor faz, levando em consideração o aumento anual que os e-commerces têm sido nos últimos seis anos. De 2010 pra cá, agências de turismo online, como a Quero Passagem, aumentaram suas vendas em até 53% anualmente. Isso significa que até o ano terminal, 7,4 milhões de embarques rodoviários serão feitos, através de passagens de ônibus adquiridas pela internet. Apesar do índice parecer positivo, a realidade das vendas online entre viagens de ônibus e aérea ainda está bem distante. Atualmente, todo o montante do que é vendido pelo computador representa apenas 5% das vendas geradas pelas operadoras de transporte terrestre – completamente o inverso do que acontece nas compras aéreas.

    Quero Passagem firma parceria com a Blablacar

    Autor:

    Redação

    Data: 23/06/2016

    pegar caronaO site especializado na comercialização de passagens rodoviárias, Quero Passagem, firmou parceria com um aplicativo voltado a reserva de caronas compartilhadas para facilitar ainda mais a vida de quem precisa viajar. Se estiver com a grana curta para reservar o embarque com um das mais de 70 auto viações credenciadas, agora é possível comparar preços e garantir o assento durante o trajeto desejo, pegando uma carona com a Blablacar. Basta acessar o portal, selecionar a rota desejada e escolher o tipo de veículo ideal para seguir viagem, sem gastar muito.

    Viagens de ônibus são preferência em feriados de curta duração

    Autor:

    Redação

    Data: 22/12/2015

    Viagem de ônibus nas férias

    Viagem de ônibus nas férias

    Os ônibus são os preferidos dos brasileiros para viajar em feriados de curta duração. Mais econômicos e práticos, os veículos sobre rodas têm despontado na frente das aeronaves quanto o lema é viajar num “bate e volta”. Segundo levantamento do Quero Passagem, portal de vendas especializado em passagens rodoviárias, o número de reservas registradas durante feriados por pouca expressão tem triplicado. Além dos recessos locais e os feriados de como o do dia 20 de novembro, em que se comemorou o Dia da Consciência Negra, e em Finados, têm dado lucro às empresas de ônibus do Brasil. Os preços das passagens são bem atrativos e a facilidade para se deslocar até o destino desejado põe os ônibus em disputa favorável com o setor de aviação. A comodidade encontrada durante a pesquisa e a reserva do serviço também colabora nesse novo cenário.

    Viajar de ônibus ou de carro neste final de ano?

    Autor:

    Redação

    Data: 12/12/2015

    Viagem de carro com a família.

    Viagem de carro com a família.

    Apesar da maioria dos brasileiros preferirem as passagens aéreas, ainda é grande a procura pelas passagens de ônibus nas rodoviárias. Mas afinal, será que realmente vale a pena abrir do conforto e da independência do próprio veículo de passeio para ir até o terminal rodoviário mais próximo?
    Acompanhe logo abaixo as vantagens e desvantagens entre os dois tipos de veículos, para viagens no final de ano.

    Feriado aquece venda de passagem rodoviária pela internet

    Autor:

    Redação

    Data: 10/09/2015

    Aumenta venda de passagem online.

    Aumenta venda de passagem online.

    Tempo de sobra para viajar antes de retornar as tarefas diárias e atenção na hora de pesquisar preços, têm triplicado o número de interessados em passagens de ônibus, durante diversos feriados prolongados. Só na última segunda (7), dia da Independência do Brasil, a procura pelas viagens de ônibus foi 100% superior ao número de embarques registrados no mesmo período do ano passado. É também um avanço para a economia nacional, que registrou movimentação de mais de R$ 2 milhões, com tanta gente saindo de suas casas para viajar. O balanço divulgado pelo Ministério do Turismo (MTur) comprova que a região Sudeste, com destaque para o eixo Rio-São Paulo é responsável pelo maior número de reservas feitas na internet e nos guichês dos terminais rodoviários. Do montante, os estados paulista, carioca e o Paraná, somaram R$ 755,9 milhões.

    Interesse por passagens rodoviárias continua aumentando

    Autor:

    Redação

    Data: 20/07/2015

    Viajando de ônibus.

    Viajando de ônibus.

    O ônibus foi o único tipo de transporte que registrou aumento no interesse de passageiros brasileiros, segundo última pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo. Segundo o levantamento, o número de interessados em viagens de ônibus subiu quase 40% em comparação com o período do ano passado. Mais de 10% dos entrevistados também declararam que vão comprar as passagens rodoviárias para a próxima viagem. A preferência pelas aeronaves caiu 9% neste ano, seguida das viagens com o veículo próprio que registrou queda de 1%. Apesar de serem preferência pela maioria dos entrevistados, as viagens aéreas não vêm tendo bons desempenhos nos últimos anos.