• Vantagens de compra de passagens rodoviárias

    Autor:

    Redação

    Data: 25/06/2012

    Seguem as dicas e vantagens de compra de passagens rodoviárias. As viagens de ônibus podem ser declaradas com o maior fluxo de passageiros com destinos para outras localidades. Os coletivos são o principal meio de transporte para os brasileiros, segundo pesquisas, reflexos ao se contabilizar o número grande (e crescente) de auto viações, em todas as regiões do país. Com a Copa do Mundo de 2014 no Brasil, estes números só tendem a aumentar e com certeza, disponibilizando de melhores serviços, pois a vinda ao país acarretará muitos estrangeiros do mundo todo, onde as companhias que fornecerem opções em outros idiomas certamente iriam estar passos à frente.

    As vantagens de viagens de ônibus rodoviários são muitas. Com os sistemas desenvolvidos pela internet, rapidamente você pode garantir sua viagem, parcelando sua compra pelo cartão de crédito, fornecendo seus dados básicos, onde nem é preciso imprimir o bilhete, basta apenas apresentar seu documento de identificação (RG) nos guichês da transportadora no terminal rodoviário antes do seu embarque (30 minutos antes) e seguir sua rota, certamente.

    As passagens rodoviárias não possuem descontos se compradas antecipadamente (a não ser que haja reajustes pelas companhias), mas em compensação com passagens aéreas, não custam praticamente o dobro ou o triplo um dia antes e também operam com valores bem mais acessíveis. Muitas pessoas optam por viajar no circuito rodoviário pelos valores menores, pelo medo de voar, para viagens num raio não tão longo, pela pontualidade dos coletivos nos embarques e desembarques, por poder entrar no veículo e dormir pela viagem toda, ainda mais em horários noturnos, onde muitas pessoas a trabalho escolhem estar em ônibus superconfortáveis (ônibus leitos) para poderem começaram sua rotina, no dia seguinte, com disposição.

    Outro ponto fundamental é para aquelas situações em que antecedência não é a palavra certa, quando surgem doenças e viagens com pessoas mais idosas, na impossibilidade de pegar um avião. Muitas empresas resolvem de última hora o destino de seus empregados, muitos autônomos também se deslocam pulando de uma cidade para outra, àqueles com as proximidades de casa ou escritório para a rodoviária, onde sempre contam com várias saídas diárias desse meio de transporte. Os ônibus e as passagens podem ser adquiridas por sites de compras rodoviárias, onde além de disporem das melhores opções de horários e preços, podem se visualizar, antes, o número de assentos vagos e fazer com que o viajante não se decepcione e saia correndo até os terminais rodoviários. Dessa maneira é preciso ir uma única vez, pois esses sistemas onde automaticamente são filtradas as melhores alternativas, com sincronia direta com as companhias transportadoras, onde também o tempo de viagem é dado, como um comprovante da venda realizada é lançado ao e-mail fornecido pelo futuro passageiro, tudo isso sem sair da cadeira onde está sentado.

    Trechos de grande concorrência entre viações e aviações

    Autor:

    Redação

    Data: 14/06/2012

    No mercado de transportes, muitos fatores são pensados na hora de escolha pelos clientes como o tempo de viagem, as tarifas cobradas, cidades atendidas, as estradas e rodovias percorridas, formas de pagamento e acessos até os pontos de embarque e desembarque como exemplos. Devido a isso, as companhias de transportes rodoviários, aéreos e marítimos se antecipam em poder oferecer muito mais conforto, segurança, qualidade e outros diferenciais que possam atrair mais passageiros. Com certeza, muitos destinos são determinantes por tais meios, fazendo o turista escolher sem pensar. Mas existem alguns trechos que ainda fazem pairar a dúvida, como entre as rotas:

    • São Paulo para Curitiba
    • São Paulo para Rio de Janeiro

    Nas metrópoles citadas acima, existe um forte briga entre as transportadoras rodoviárias e aéreas, onde relação custo-benefício pode variar sobre os horários, dias da semana, época do ano e tempo de espera. Se pensarmos em aviões, as duas jornadas em questionamento levam 1 hora de duração cada, mas temos que contar também (exemplo) o deslocamento ao aeroporto de Congonhas em São Paulo ou de Cumbica em Guarulhos (pelo menos 50 km de distância) e o valor gasto, também se deve levar em conta chegada com antecedência de 1 hora para check-in e o tempo de retirada de bagagens no final e o percurso de saída do aeroporto até algum ponto mais urbano ou mesmo estação de METRO. Se pensarmos isso tudo em horas, muitas vezes o tempo é semelhante ou com pouca diferença, crescendo a incerteza ainda se somarmos possíveis atrasos ou esperas e quanto dinheiro gasto em toda partida.

     

    Realmente é positivo afirmar escolher os ônibus rodoviários nessas viagens médias, mesmo porque as rodoviárias, especialmente nesses casos citados, são de total integração com outras formas de locomoção e se localizam em pontos mais centralizados. Outro pensamento é que nessas viagens que duram até 6 horas nos veículos de auto viações, são disponibilizados luxuosos ônibus, a maioria executiva com leitos e cama leitos (dependem dos horários), trazendo um passeio tranquilo, de ir relaxando e dormindo de verdade. Pense bem, saiba que se pode viajar pela companhia Cometa (Curitiba/São Paulo), Expresso do Sul e 1001 (Rio de Janeiro/São Paulo).

    As passagens rodoviárias mais caras do Brasil

    Autor:

    Redação

    Data: 07/06/2012

    O estado que mais se acumulam riquezas proporcionadas pelo trabalho, já é responsável por todo um custo de vida muito alto. Podemos dizer que o estado paulista recebe grande quantidade de turistas que desembarcam em aeroportos vindos do exterior e aqueles que chegam a bordo de ônibus interurbanos de outros estados aonde muitos vem fazem compras e turismo na capital de São Paulo. As rodovias e estradas são parte de vários consórcios privados, sendo as melhores do país em qualidade do asfalto, limpeza, sinalização diurna e noturna, tendo o eixo rodoviário principal com vias duplicadas de 2 a 4 pistas para a circulação.

    Se a “capital do trabalho” movimenta muitos negócios, proporcionalmente não deixa de ter as passagens rodoviárias mais caras do Brasil, medindo-se o gasto por km percorrido. O último aumento foi nacionalmente divulgado no início do ano, para ser enfatizado em 7 capitais, segundo a ANTT (Agencia Nacional de Transportes Terrestres). O grande indicador positivo é realmente a qualidade. As mais competentes e importantes parceiras dos transportes de passageiros são as auto viações, que possuem boas frotas de ônibus rodoviários modernos, higienizados, com manutenção frequentes de serviços de verificação das estruturas e do ar condicionado, em quase 100% deles como também o fato de possuir banheiros, disponíveis nas viagens.

    Os pedágios são grandes agravantes das elevações que são conferidas nas passagens de ônibus, pois a grande parte das rotas possuem tarifas que, em alguns trechos chegam a ter um intervalo de 40 km entre guichês de cobrança, em valores maiores do que R$ 10,00. Sem dúvida as vias são muito bem cuidadas, duplicadas e contando com policiamento, serviços de socorros e telefones de S.O.S. em casos de emergência. Outro ponto vital é sobre os tempos nos trajetos, sempre podendo ser calculados em velocidades frequentes, devido à segurança para se deslocar com mais rapidez, especialmente linhas criadas com viagens expressas, que não fazem paradas em cidades adicionais. Para os viajantes com passagens rodoviárias, há postos de abastecimentos e postos de conveniência tradicionais como Frango Assado, Graal e Lago Azul, com lojas espalhadas pelas rodovias Castello Branco, Raposo Tavares, Dutra, Imigrantes, Bandeirantes e Anhanguera, entre algumas principais, com total assistência de sanitários, telefones públicos para passageiros e motoristas, onde servem refeições, lanches, salgados por todo o dia e noite, além de encontrar revistas, objetos de decoração e itens de alimentação.

    Altere passagem rodoviária até após um ano da emissão

    Autor:

    Redação

    Data: 01/06/2012

    Na legislação do Brasil desde 2009, já se vigora uma regra para o caso de não utilização das passagens de ônibus. Os passageiros que perderam suas viagens por doença, acidentes ou outros contratempos não arcaram como prejuízos, podendo remarcar os destinos mesmo após um ano da data de emissão. As companhias de transporte rodoviário já chegaram a ser penalizadas por não avisarem os compradores, que na grande maioria não sabem da existência dessa formulação. Para se refazer o itinerário perdido, não é necessário se apressar, até no caso escolher sob pressão, pois seu bilhete já foi pago e, como não foi destacado pelo motorista do veículo, ainda torna-se válido para troca.

    Em terminais interurbanos como em Governador Valadares, no estado de Minas Gerais, para mais segurança um comunicado foi expresso diretamente pelo Ministério Público Federal onde pede total atenção da concessionária de administração da estação para divulgar esse direito do consumidor em seu ambiente. Um grande banner de pelo menos 1 metro quadrado deve ser instaurado segundo o MPF, como também de introdução de cartazes nos guichês das auto viações e nas plataformas de embarque e desembarque. O objetivo é conscientizar mais as pessoas e punir empresas que usarem de má fé para arrecadarem mais passagens rodoviárias. Essa prática é vista por ilegal, sendo fiscalizada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), de olho em abusos com usuários nos terminais, não permitindo a baixa publicidade para o sistema de viagens rodoviárias

    Esse site tem com base dar assistência para passageiros, dicas e informações úteis e atuais sobre passagens de ônibus e de todo o processo como indicar viações corretas e dentro das normas de fiscalização. Os tripulantes devem estar atentos e saber que até o momento da partida, todo o valor pode ser devolvido 100%, na desistência. Nesses momentos, as agências transportadoras simulam procedimentos que são falsos como o prazo de 3 ou até 24 horas antecedentes para devolução ou fazem até a intervenção, porém reembolsando parcialmente. A lei em funcionamento desde 2009 se focou principalmente por denúncias realizadas por mais de 30 pessoas e publicações na mídia, onde apresentou a falha do conhecimento e assim, uma oportunidade em prol da sociedade.

    Passagens rodoviárias já são artigos de consumo para toda a população

    Autor:

    Redação

    Data: 29/05/2012

    Muitas pessoas aderiram a sistemas de compra on-line na última década, colocando mais uma ferramenta na forma de efetuar pagamento de suas contas, revalidar assinaturas de revistas, encomendar livros e comprar diversos artigos de luxo, da rotina, encomendar objetos do exterior e acessar contas bancárias diretamente de seu computador, sem sair de casa. A evolução dos números acompanhados por empresas de pesquisa aponta também mercados femininos como grandes compradores desses sistemas. Do começo do ano de 2000 até 2010, o número de casa com acesso a micros e internet era menos de 10% no país, mas hoje em dia já passa os 70% das residências. “Tudo ficou mais facilitado”, diz Ivone Cristina dos Santos, 42. “A tecnologia avançou a tempo de adequar-se ao bolso” conta o economista José Villas Faria, 30. A negociação tornou-se mais facilitada, com sistema de parcelamentos em cartões e até geração de boletos bancários para facilitar o comércio na rede.

    Nos dias atuais, a inclusão social na internet possibilitou mais a comunicação entre pessoas, reencontrar amigos distanciados pelo tempo e acompanhar blogs e sites com dicas especiais, garantidas pelos internautas e também da facilitada acessibilidade para empresas nesse espaço virtual. As auto viações se dispõe de oferecer parcerias entre sites de compra de bilhetes, agências de turismo online e até portais de compras coletivas para despojarem de facilidades para a negociação. Pela dificuldade de locomoção e tempo gasto no deslocamento até rodoviárias nos principais centros como São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte e Recife muitas pessoas aderirem à prática, que vai de encontro com a máxima utilização hoje em dia de cartões de crédito, especialmente para jovens e adultos. Para facilitar as reservas e fugir de filas nos centros rodoviários, muitas negociações são ordenadas de vários locais no território nacional, sendo trilhadas pelas estatísticas quando avaliam os passageiros como sendo trabalhadores, turistas estrangeiros, aposentados, mulheres e jovens de todas as classes sociais. A facilidade na compra é rápida, bastando confirmar dados do cartão de crédito que por ser realizados dentro do lar, traz mais segurança para pais e responsáveis manejarem junto com os filhos esse pagamento, sem medo de assaltos quando necessário abrir bolsas em agências e guichês rodoviários e também situações em que não se é possível ir até o terminal rodoviário.

    Com greve no METRO transportes rodoviários também sentem diferenças

    Autor:

    Redação

    Data: 26/05/2012

    Com a recente greve em Belo Horizonte, Recife, Maceió, João Pessoa, Natal, Porto Alegre e São Paulo as companhias de viação foram muito procuradas. Os desacordos entre sindicatos e as empresas responsáveis pelo METRO e do sistema ferroviário continuam acentuados, provocando muitos engarrafamentos e superlotações de coletivos municipais, motos e carros. Com esses meios de transportes parados, pessoas começaram a irem trabalhar como os próprios automóveis, trazendo mais caos para as capitais. O rodízio de veículos foi suspenso inclusive na capital paulista, pondo de refém a prefeitura sob toda essa situação.

    Os muitos trabalhadores das metrópoles citadas, muitas vezes saem de cidades vizinhas ou distantes até 100 km desses centros urbanos onde se deslocam usando mais de um meio de locomoção. A outra idéia é utilizar um ônibus interurbano, é o caso que tem ocorrido nesses dias e aumentado a venda dos bilhetes dessas transportadoras. As rotas mais usadas muitas vezes chegam a ser desviadas, devido resposta dos trânsitos nas principais avenidas e ruas. Mesmo com mais uso dos veículos não foi somente possível comportar a alta demanda de viajantes, proporcionando algumas viações a rodarem com quase 100% de suas frotas, sejam as conduções novas quanto àquelas mais antigas e utilizadas em casos de fretamento, turismo e modelos até como vans e micro-ônibus.

    As auto viações tem consciência do seu papel como entidades que se preocupam com o acesso dos passageiros, mas sabem que esse movimento é uma situação aguda e que muitos não possuem condições diárias para a realização contínua de viajar pelas rodovias e estradas, pois suas firmas ou sua renda não são capazes de arcar com mais despesas, mesmo comprovando-se mais eficiência, conforto e qualidade dos transportes por ônibus rodoviários. A situação é acompanhada como sendo uma verdadeira “batata quente” onde as obrigações e direitos dos funcionários são deixados de lado, porém a união faz a força e nesses momentos de tensão, é que são percebidos a falta dos meios e o caos ocasionado em suas ausências. Os problemas são passados para as prefeituras das cidades, onde por sua vez, repassam para as auto viações, taxi e outras formas. Seres humanos sofrem por trabalho e o resultado acaba ferindo outros que, assim nem conseguem chegar ao seu expediente.

    Na madrugada, passagens rodoviárias têm descontos

    Autor:

    Redação

    Data: 21/05/2012

    Uma notícia, que para muitos não é nenhuma novidade, é comprar passagens rodoviárias para horários e itinerários saindo à noite ou de madrugada, com preços menores. São dados constatados de fácil acesso por sites de empresas de turismo on-line, as quais se reparam nessas diferenças conforme as buscas por datas e algumas empresas encontradas. Os descontos em compras com antecedência (exemplos passagens aéreas) não são submetidos no marketing rodoviário (ainda), mas as vantagens são dadas por pessoas que irão viajar a trabalho, para longas durações e aquelas que têm condições de se deslocar sem problemas com tempo ou conhecem os locais de desembarque. As vantagens de se deslocar na madrugada é a comodidade de certamente ter uma viagem mais calma e sem muitas conversas, não se preocupar com problemas de clima e temperaturas altas, sem congestionamentos, tendo um passeio mais agradável e rápido.

    As passagens de ônibus rodoviárias muitas vezes são oferecidas por auto viações como a Cometa, chegam a constar diferenças de até 15% de desconto, em alguns trechos especialmente no Estado paulista. Estas ações realmente estimulam a compra, sendo muito facilmente estabelecida antecipadamente a aquisição pelas mesmas, e em muitas vezes, esgotando-se antes dos horários diurnos. As vantagens são tidas em algumas companhias por designarem ônibus rodoviários tipo leitos e leitos totais, os quais chamam a atenção de passageiros por poderem ir dormindo mesmo, descansando de cansativos dias ou relaxando como devem, para aguentarem a jornada seguinte, em outra localidade. A outra compensação é disporem dessas acomodações com mais luxo, que em horários rotineiros custariam muito mais. “A gente pode pagar o valor da convencional”, diz viajante de São José do Rio Preto com destino a São Paulo.

    Os motoristas que operam essas trajetórias são especialmente treinados em cursos e testados por demais fiscais de trânsito e das próprias transportadoras, contendo muito rigor até em testes realizados com especialistas da saúde como médicos e psicólogos, avaliando condições de saúde e mental dos locomotores. Oriente-se com horários e dia para suas viagens avalie as possibilidades de economizar dinheiro de passagens rodoviárias e use os buscadores disponíveis na internet para ver as mesmas rotas em viações diferentes, pois a concorrência nesse setor é cada vez mais acentuada.

    Lembre-se que crianças de colo até cinco anos são isentas de pagamentos e jovens com carteirinha de estudantes pagam somente metade dos valores.

    Preços de passagens de ônibus saem mais baratos

    Autor:

    Redação

    Data: 13/05/2012

    É isso mesmo! Em comparações feitas no estado de São Paulo, as passagens de ônibus baratos rodoviários disparam na frente, quando o assunto se diz preço. Em pesquisas de custos nas cidades de Barretos, São José do Rio Preto, Bauru, Presidente Prudente, Campinas, Ribeirão Preto e São João da Boa Vista podem certificar que as viagens de ônibus interurbanas são mais acessíveis do que as passagens de avião e viagens de carro. As medições tem por base em horários comerciais para o destino à capital do estado paulista, sem promoções, pacotes de compra de bilhetes de ida e volta, ou ações semelhantes. Em questão de tempos de viagens não podem ser dados porque dependem das acelerações dos motoristas, teoricamente sendo a jornada aérea a mais rápida na teoria, sem pensar nas esperas de check-in, retiradas de bagagens e frequentes atrasos.

    Na medição constatada, por exemplo, são R$ 85,00 (convencionais ou leitos) as passagens rodoviárias, R$ 180,00 as aéreas e R$ 170,00 a viagem de carro, em modelo de motor 1.0, saindo da cidade de São José do Rio Preto, 440 km de São Paulo. Esses números são de base do mês de abril de 2012, onde dados como desgaste do automóvel e dia da semana da realização não foram contados, no caso dos aviões. A ideia realmente é de valorização dos transportes rodoviários que são conhecidos pela pontualidade com horários, organização e agilidade de embarques e desembarques. Muitas empresas de turismo especializadas estão cada vez mais facilitando o acesso de passagens de ônibus por sistemas pela internet, obtendo os itinerários, os horários e até facilidades de parcelamento em cartões de crédito.

    Se retirarmos as promoções e compras com três a quatro meses de antecedência (e quem consegue projetar sempre isso), o sistema aéreo no Brasil é muito caro ainda para a maioria da população. Destinos longos muitas vezes são desgastantes para carros, condutores e só valem a pena se estiverem com mais pessoas, para rachar os gastos, pois os pedágios são os mais caros do país. Além de poder ir tranquilo e bem acomodado, no interior dos veículos das auto viações, pode ser feito um trajeto agradável com ar condicionado, admirando a rota interiorana, curtindo um livro, revista ou simplesmente dormindo.

    Sites de vendas de passagens rodoviárias

    Autor:

    Redação

    Data: 11/05/2012

    O potencial de introdução e satisfação de serviços cresce progressivamente no campo brasileiro, seja pela cultura, a recepção calorosa, ou meramente por dados estatísticos, duma economia emergente, mas que com o passar dos anos, pode-se oferecer mais para todos os habitantes, potencializando o consumo. Como muitos países como a China, México, Índia, África do Sul, etc., o Brasil conta com muita matéria prima, ocasionando o encontro de produtores e empresários industriais do país como também investidores dos serviços, mapeando as fortes tendências. Assim podemos expor a internet, o futuro dos grupos e entidades do terceiro setor, mediante milhões de internautas nacionais. Nessa atuação, empresas de venda de bilhetes rodoviários e aéreos se mostraram a frente em oferecer rapidamente estas possibilidades. Com as futuras atrações como a próxima Copa do Mundo em 2014 no Brasil, os mercados de aviação e auto viação dispararam também pensando futuramente nas conduções para transportar estrangeiros e brasileiros para as cidades que fazem parte do circuito de jogos.Os sites com buscadores de rotas diferentes, compradores de preços de passagens rodoviárias são exemplos dessa nova maneira de compra. Simples, seguros e de amplo alcance, facilitam a vida de profissionais, donas de casa, jovens viajantes, curiosos e muitas pessoas que pensam em facilidades e de evitar constrangimentos de deslocamento nas cidades. Podemos citar alguns benefícios como não ser preciso conhecer o nome de empresas que realizam o transporte, nem muito menos perder tempo em procurar na web quais companhias atuam, pois muitas vezes algumas não realizam comércio on-line, ou o passageiro não tem ideia da localidade (especialmente pessoas à trabalho, machileiros, imigrantes) que descobre ao final do dia de trabalho qual será seu próximo passo.Os estrangeiros que viajam em férias para o Brasil possuem detalhadamente o itinerário que querem fazer, vistos com certeza em 100% pela internet, achados em dicas de viagens de outros turistas experientes e em matérias de páginas virtuais como no site de compras de bilhetes, citado no começo desse parágrafo. Esse mercado é expansivo, pois boa publicidade é realizada em fatos contados sempre por conhecidos, de como essas empresas ajudaram seu deslocamento, as facilidades e o comodismo e de nem precisar imprimir a passagem, somente apresentar um documento de identificação no guichê rodoviário, sem filas e maiores aborrecimentos.

    Transporte de passageiros rodoviários há mais de 80 anos

    Autor:

    Redação

    Data: 05/05/2012

    As viações de ônibus interurbanos são parceiras inesquecíveis em viagens. Segurança, confiança, pontualidade em pontos de chegada e saída, sempre organizadas para oferecer conforto, hospitalidade e limpeza no interior de seus veículos. Os destinos são curtos ou longos, para lugares calmos ou festejados pontos turísticos, diversão ou negócios as companhias comercializam suas passagens rodoviárias há mais de 80 anos no Brasil, baseada na Auto Viação Catarinense, a mais antiga. São tradicionais nomes de transportadoras que fazem serviço buscando sempre a excelência em atendimento e fidelidade com seus clientes, sempre no intuito de renovar seus serviços e sua frota e sempre trabalhando com motores menos dolosos à natureza do planeta, como também informatização total de seus sistemas de busca e manutenção de seus carros. Os ônibus rodoviários podem ser encontrados em modelos como os convencionais, leitos executivos, leitos totais e Double Decker com dois andares, micro ônibus e veículos especiais luxuosos. Muitos modelos contam com marcas como Volvo, Mercedes Benz, Scania e Marcopolo.


    O Sudeste e Sul do país são as regiões do surgimento dessas viações, referências com a ligação aos principais centros urbanos, conforme a economia foi crescendo e a escolha de compra de passagens de ônibus foi tomando as dadas proporções atuais, como total melhora de estradas e criação de tantas outras nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste também, integrando toda a economia brasileira. Muitos investimentos foram feitos nesse setor em virtude de direitos e normas para serem cumpridas pelas organizações e passageiros, diante das fiscalizações de entidades governamentais. Grandes grupos administradores de transportes foram montados, empresas se fundiram ou passaram a integrar uma só liderança, crescendo em números de frotas, rotas, passagens rodoviárias, estados atendidos e destinos oferecidos. É o caso da Expresso Guanabara, do Grupo LCA, Nacional Expresso, dentre outros conglomerados. Outro ponto forte é um grande número de empresas oferecendo itinerários iguais, ocasionando uma grande concorrência nos quesitos de conforto, preço e qualidades dos autocarros e serviços. Os grandes fluxos ainda estão ligados às megalópoles Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP), obviamente, mas outras 11 capitais atendem com expressivos números, vibrando com o mercado com investidores, como nos municípios:

    1.    Belo Horizonte (MG);
    2.    Vitória (ES);
    3.    Salvador (BA);
    4.    Recife (PE);
    5.    Natal (RN);
    6.    Fortaleza (RN);
    7.    Campo Grande (MS);
    8.    Aracaju (SE);
    9.    Curitiba (PR);
    10.    Florianópolis (SC) e
    11.    Brasília (DF).

    1 23 24 25 26