ANTT assegura diretos de reembolso para passageiros.
ANTT assegura diretos de reembolso para passageiros.

Se acontecer algum imprevisto que possa atrapalhar sua viagem rodoviária já reservada, não excite mais em cancelar. Graças a uma nova resolução publicada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT no Diário Oficial da União é possível cancelar ou remarcar as passagens rodoviárias sem pagar nada por isso, até mesmo em ônibus interestaduais e internacionais. A regra apenas é válida para trajetos com mais de 75 quilômetros de distância. Além da reserva poder ser efetuada para o mesmo destino, com o mesmo tipo de veículo e companhia de ônibus sem custo, a nova lei também alterou os percentuais legais que serão cobrados em cada embarque remarcado com data e horários alterados em relação ao primeiro bilhete rodoviário. Nesse caso, as transportadoras de ônibus podem cobrar juros de até 20% sobre o valor da tarifa paga. Quem quiser mudar o horário do embarque e não está interessado em arcar com os juros, tem que remarcar a viagem três horas antes dos ônibus saírem do terminal rodoviário. Se a passagem de ônibus estiver com preços promocionais, vai ser preciso pagar a diferença para poder embarcar mais tarde. Dependendo da empresa é possível haver descontos tarifários de até 5% para viagens remarcadas com três horas de antecedência. As devoluções em casos de cancelamentos podem demorar até um mês. Se a empresa de ônibus demorar mais de uma hora para sair da rodoviária, o passageiro pode obter o dinheiro do bilhete de volta ou embarcar em outro veículo da mesma companhia que oferece serviços equivalentes ao que foi contratado. A nova lei prevê até custeio para alimentação dos clientes em interrupções e atrasos durante a viagem. O pagamento de hospedagem também deve ser feito se as viagens não forem realizadas no mesmo dia. Todos os direitos são assegurados em situações de superlotação dos veículos. Em casos de furto, as auto viações deverão emitir um novo voucher para embarcar. Entre as medidas, há também a possibilidade de se transferir a passagem para outro viajante. Informações sobre valores dos tributos embutidos no preço final e do pedágio, e dados pessoas do passageiro, devem estar impressos no verso do bilhete rodoviário.

Autor

Comentários estão fechados.