Busca ônibus deve aumentar durante e depois dos jogos da Copa do Mundo. O motivo é o pacote de melhorias promovido pelos governos federal e estaduais que devem melhorar as estradas.
Procura por ônibus deve aumentar durante e depois da Copa.

Não estranhe se daqui pra frente, a busca de ônibus aumentar nos terminais rodoviários do Brasil e as viagens rodoviárias ficarem ainda mais comuns.
É que as obras de mobilidade urbana para receber a Copa do Mundo 2014 também favorecerão os tripulantes de ônibus que moram nas principais capitais.
Várias estradas estão passando por melhorias significativas, outras estão sendo privatizadas e logo integrarão vias de acesso em pontos estratégicos por todo o país.
Por causa do grande fluxo de turistas que vistam o Brasil, e estarão presentes durante os jogos da Copa do Mundo, o transporte rodoviário ganhou destaque nos últimos anos. Foi por isso que os órgãos públicos começaram a investir pesado no setor para que as estradas pudessem oferecer mais segurança a todos os passageiros.

Depois que o torneio futebolístico terminar, moradores e usuários do serviço certamente perceberão a diferença nos trajetos de ônibus.
Além das obras, o apoio à educação no trânsito também completa o pacote de melhorias proposto pelos governantes. A ideia é prepara melhor os profissionais que atuam nas ruas das cidades, evitando acidentes banais e descumprimento das leis de trânsito.
Não são apenas os ônibus de turismo que ficarão lotados durante a disputa internacional. Linhas rodoviárias em cidades-sedes dos jogos certamente registrarão movimento intenso de turistas até os hotéis e pontos turísticos da cidade, pelo transporte público.

Ainda é falho o número de veículos em circulação e por isso, maiores escalas deverão ser providenciadas por prefeitos de diversas cidades.
Nas metrópoles, o metrô é visto como salvação e deve desafogar boa parte da concentração de pessoas nos coletivos durante os jogos da Copa.
O que o Governo Federal quer é provar aos estrangeiros que o Brasil tem capacidade e uma boa infraestrutura para recepcionar pessoas durante o ano todo.
Além da grande procura por ônibus para os próximos anos, é aguardada a vinda de muitos turistas de outros países, mesmo depois que a Copa do Mundo acabar.
Falhas graves no sistema de transporte e problemas na logística até os serviços úteis poderiam arruinar os planos que o país tem para as Olimpíadas de 2016.

Autor

Comentários estão fechados.