Passagens de ônibus ou Bilhete Único Mensal?Gastar com passagem de ônibus toda a vez que for embarcar ou pagar uma tarifa por mês para adquirir o Bilhete Único Mensal e não se preocupar com as compras toda hora que for até um terminal. Especialistas revelam que nem sempre o uso do Bilhete Único é a melhor opção e por essa razão é importante que você saiba o que fazer. Apesar de o tema gerar discussão não é atoa que os bilhetes rodoviários apontam um considerável avanço na área de mobilidade e transportes públicos do Brasil. Tido como solução na busca desenfreada pelos espaços para se viajar de ônibus, depois das melhorias começarem a parecer nos corredores exclusivos para veículos rodoviários de São Paulo, o bilhete único pode causar prejuízos quando não é bem aproveitado.

Se os preços das passagens rodoviárias fossem comparados com o mesmo valor pago pelos bilhetes mensais, o gasto que um usuário teria era de R$ 140, já que o valor cobrado por cada passagem de hoje em dia é de R$ 3. Pagando os R$ 140 é possível embarcar em vários ônibus até chegar ao destino final. Isso acontece porque a forma de debito dos créditos para os bilhetes são diferentes, neste caso as empresas de viação não efetuam o debito por viagem, mas na verdade por dia. É por isso que o Bilhete Único Mensal tem suas contrapartidas. Só realmente vale a pena se por utilizado todos os dias, totalizando no mínimo 47 viagens por mês.

Do contrário, o que os especialistas orientam que a é preferência deve ser pela compra de passagens corriqueiras, que sejam adquiridas individualmente. O total gasto por quem faz duas viagens de ônibus, considerando uma de ida e outra de volta, pode chegar até R$ 132, ou seja, economiza quase R$ 10 se fosse pagar pelos bilhetes todo o mês. A Prefeitura Municipal de São Paulo garante que os usuários poderão em breve realizar os pagamentos do Bilhete Único Mensal durante períodos de uma semana ou quinze dias. Outra novidade pode surgir com um bilhete não apenas exclusivo para uso dos ônibus, mas também para os trens da CPTM, e o Metrô.

COMPARTILHARShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+