Empresa rodoviária quer explorar novos Estados.

Empresa rodoviária quer explorar novos Estados.

Enquanto a oferta por passagens rodoviárias pode ser maior com a renovação e ampliação da frota de ônibus em capitais como Brasília e São Paulo, construir novas unidades e aumentar o atendimento em novos Estados tem sido uma das metas de trabalho para este ano, adotadas pela Guanabara passagens.
Desde abril, a companhia de ônibus que tem presença marcada em pelo menos 12 estados brasileiros, já circula com mais de 30 veículos novos, garantidos através de um programa de renovação proposto pela direção operacional da empresa.
Segundo o responsável pelo setor, Carlos Magalhães, a auto viação é composta por 405 ônibus. Só na capital federativa do Brasil, estão em operação 42 linhas intermunicipais oferecidas pela Expresso Guanabara.

Para Magalhães, a idade limite de circulação dos veículos deve ser respeitada. “A renovação constante da nossa frota é uma prioridade”, explica.
Apesar da preocupação com as condições de funcionamento e conforto nos ônibus serem grandes, a empresa está abrindo mão temporariamente de concorrer com linhas rodoviárias em estados já atuantes para conquistar novos mercados ainda pouco explorados pelo setor rodoviário.
No começo desse mês, autoridades politicas de Parnaíba e responsáveis pela mobilidade urbana da cidade, entre o Superintendente de Turismo Marcos Fonteles, vice-prefeito Chagas Fontenele, o gerente de manutenção predial da Guanabara Laércio Rolim, o gerente de Parnaíba Chico Leite e o Supervisor de Manutenção Elisafe Santos, estiveram juntos para debater os detalhes do projeto de criação de uma agência conceito da Guanabara.

O empreendimento deve ficar pronto junto com a reforma da Rodoviária de Parnaíba e será o primeiro ponto de atendimento físico instalado em todo o estado do Piauí.
Com a construção, viagens de ônibus até a capital e municípios da região litorânea do estado, passarão a ser comercializadas diariamente no terminal rodoviário.
A reforma do prédio tem a intenção de aprimorar a prestação de serviço dos passageiros em um amplo ambiente com infraestrutura climatizada e acessível.

A empresa rodoviária já estuda um plano de comunicação para divulgar o projeto em rede nacional. Assim que o serviço começar a funcionar, as passagens de ônibus também poderão ser reservadas na internet.

COMPARTILHARShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+