ônibus passagens

Empresas de ônibus e alguns ciclistas da Associação dos Ciclistas de Balneário Camboriú resolveram criar um projeto de conscientização sobre a mobilidade sustentável na cidade. A ideia do grupo foi mostrar que é possível utilizar o sistema de transporte público sem agredir o meio ambiente. “Mobilidade sustentável é o movimento de pessoas em várias regiões com menos impacto ao meio ambiente e os recursos naturais, sempre garantindo o direito de ir e vir com qualidade e cuidado com o meio ambiente”, explica Rosana Silva, uma das idealizadoras do projeto. As viagens dentro de veículos e transportes coletivos que tem a capacidade para aproveitar as malhas rodoviárias sem poluir o ambiente, ou que seja por meios sem motor, como é o caso da bicicleta e até mesmo nas caminhadas a pé, são apontadas como sendo as alternativas mais corretas para que a mobilidade sustentável funcione de verdade.

frotas de transportes

Quando as passagens de ônibus podem ser utilizadas de uma forma que garante essa sustentabilidade, os benefícios para o bem estar da população e da própria natureza são incomparáveis.  Foi pensando nisso que uma empresa de viação em Santa Catarina e a Associação dos Ciclistas de Balneário Camboriú realizaram uma campanha visual para estimular as pessoas a optarem pelas bicicletas e bilhetes rodoviários na hora de sair de casa. Henrique Wendhausen, o responsável pela associação dos ciclistas, os dois meios devem se unir em favor do meio ambiente. No site da associação ele destaque é um erro acreditar que existe qualquer tipo de rinja entre os veículos coletivos e as bicicletas no trajeto urbano.

Ele acha que quanto maior for o número de ônibus, melhor. “A disputa entre os serviços é saudável. Quanto mais ciclistas estivem espalhados na cidade mais as empresas de ônibus se esforçaram para cativar seus usuários”, imagina. Na Expresso Sul, uma das companhias de transporte que aderiu a ideia, adesivou dois de seus coletivos. Na colagem esta a frase: “Eu vou de ônibus, eu vou de bicicleta. Melhor pra mim, pra cidade e pro planeta”. A campanha é mais um incentivo educativo do que propriamente ecológico.  O objetivo também é viajar através das ciclovias e dos corredores de ônibus, afinal eles são adequados para que os veículos poluam menos. Nos sites de compra de passagens várias companhias de ônibus também mostram sua preocupação com o meio ambiente.

 

COMPARTILHARShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+