ônibus BrasilPara embarcar em ônibus interestaduais e intermunicipais no Brasil, o passageiro deve apresentar o documento de identidade com a passagem impressa no guichê da companhia contratada. Esta é uma das regras obrigatórias para quem viaja de ônibus pelo país. Quem já teve oportunidade de andar de ônibus em outros países, pode encontrar diferenças em algumas regras.

Viagens de ônibus no Brasil

Aqui em terras brasileiras, outra recomendação importante é guardar o bilhete impresso no guichê. Ele serve como documento fiscal e pode ser solicitado em caso de fiscalização, extravio de bagagem ou perda do ônibus (quando o motorista deixa o passageiro em pontos de parada e segue viagem). As bagagens não podem ocupar mais do que 30 kg no bagageiro e 5 kg dentro do ônibus. Este serviço já está incluído no preço da passagem. Caso o peso ultrapasse este limite, a companhia poderá cobrar uma taxa extra de embarque. Os cancelamentos podem ser feitos até 3 horas antes do horário da viagem, diretamente no guichê da companhia. Em casos de passagens reservas pela internet, é preciso ficar atento aos Termos de Uso de cada site, para o tempo limite de cancelamento (o Quero Passagem é o e-commerce brasileiro com o menor tempo limite para cancelamentos via sistema, podendo cancelar as reservas em até 4 horas antes da viagem). As passagens rodoviárias também podem ser remarcadas em até 12 meses a contar da data do embarque.

Viagens de ônibus na América do Sul

Os ônibus da maioria dos países sul-americanos são a opção de transporte mais econômica e atrativa para visitar outros Estados. Em algumas cidades as companhias de ônibus embarcam e desembarcam em terminais rodoviários, enquanto que em outras regiões o serviço é feito diretamente das garagens das próprias empresas. O preço das passagens também não oscila, como no Brasil, e dependem de acordo com a categoria dos ônibus, estado de conservação e itens internos. Conhecidas dos brasileiros, as viações Pluma, a Chile Bus, a Crucero del Norte, a Ega/Revelación, a TTL e a Expreso Ormeño interligam várias cidades na América do Sul, inclusive o Brasil.

COMPARTILHARShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+