Brasil vive crise econômica
Brasil vive crise econômica

Impostos mais caros, juros abusivos, escassez no mercado de trabalho e maior número de recessões no Brasil. O cenário nada animador para quem não abre mão de uma divertida viagem tem aterrorizado os planos de muitos brasileiros. Apesar do momento econômico não ser um dos melhores, quem conseguiu economizar vai encontrar boas opções de lazer durante o segundo semestre deste ano. Graças ao “empurrãozinho” de empresas ligadas ao turismo nacional, há vários serviços com preços mais acessíveis do que o mesmo período do ano passado. Basta ser persistente e pesquisar bastante antes de sair de casa.

O que os números dizem?

A última Sondagem do Consumidor feita através da pesquisa que mede a intenção de viagem dos brasileiros, pela Fundação Getúlio Vargas para o Ministério do Turismo apontou um declínio de cerca de 2% no número de interessados nas viagens, contra o mesmo balanço de 2014. A pesquisa mostra o que brasileiro ainda quer aproveitar o tempo de folga longe de casa, porém, com menos dinheiro no bolso, a primeira opção é escolher os trajetos mais curtos e baratos. É o que aponta a intenção das viagens internacionais, que continua caindo nas últimas sondagens. Na avaliação de profissionais da área, o tempo é de deixar a viagem dos sonhos de lado para fazer o passeio de acordo com a realidade econômica de cada família.

Como baratear a viagem?

Indispensável em qualquer viagem, o transporte é um fator importante nas despesas de qualquer viajante. Quem não consegue um bom desconto nas passagens aéreas para visitar as praias cariocas ou cruzar o Nordeste brasileiro, pode optar pelo serviço rodoviário. A favor dos ônibus estão as poltronas confortáveis, os preços de passagens tabelados e a possibilidade de chegar ao terminal rodoviário poucos minutos antes do horário de embarque, se a passagem já estiver reservada. A capilaridade é outro ponto positivo, mais opções de origem e destino, com mais de 3 mil rodoviárias no Brasil, contra cerca de 70 aeroportos que operam voos domésticos. Pense nisso!!

Autor

Comentários estão fechados.