• Saiba como viajar de ônibus com seu animalzinho de estimação

    Autor:

    Redação

    Data: 11/05/2015

    Cão-Guia é permitido em ônibus.

    Cão-Guia é permitido em ônibus.

    Considerados por muitos como integrantes da família, os cães e gatos sempre acabam fazendo parte dos planos daqueles que pretendem viajar. Para não deixar o animal de estimação para trás, é possível viajar de ônibus transportando o “bichinho”, seguindo algumas regras e exigências previstas por lei. O ônibus pode ser a melhor opção de transporte em casos de viagens de longa distância, já que os passageiros de ônibus rodoviários e suburbanos intermunicipais têm o direito de embarcar na companhia de animais domésticos de pequeno e médio porte. Cada ônibus pode transportar até dois animais por viagem, considerando que eles não comprometam o conforto e a segurança do veículo, assim como de seus ocupantes ou de terceiros.

    Direitos de passageiros de ônibus são parecidos com aéreo

    Autor:

    Redação

    Data: 05/01/2015

    Direito de passageiros de avião x passageiros de ônibus.

    Direito de passageiros de avião x passageiros de ônibus.

    Depois da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aplicar duas novas resoluções na Cartilha de Direitos e Deveres dos passageiros de ônibus, andar pelas estradas brasileiras pode garantir aos usuários do serviço os mesmos direitos daqueles que preferem viajar de avião. Pelo menos é isso que acontece caso o passageiro queira aproveitar o bilhete reservado em outro itinerário. A partir da edição da Resolução nº 4.282/2014, promovida em fevereiro, empresas de transporte rodoviário internacional e internacional devem assegurar a validade de suas passagens no prazo de um ano a contar da primeira emissão.

    Águia Branca assume linha interestadual da viação Bomfim

    Autor:

    Redação

    Data: 03/11/2014

    Linhas interestaduais de SE, AL e BA.

    Linhas interestaduais de SE, AL e BA.

    Quem pretende viajar de ônibus para os estados brasileiros do nordeste, como Sergipe, Bahia e Alagoas provavelmente vai ter que comprar as passagens de ônibus da viação Águia Branca para poder embarcar. A empresa rodoviária que transporta anualmente mais de 11 milhões de brasileiros assumiu 22 linhas interestaduais antes operadas pela viação Bomfim, junto da companhia Rota Transportes. A mudança aconteceu no começo do mês passado, depois da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) suspender o serviço rodoviário das empresas em cinco rotas. Com pouco otimismo por conta da perda da licença para operar, a companhia Bomfim anunciou oficialmente no início do mês passado, que não iria mais transportar passageiros por esses trajetos. A decisão fez com que a companhia rodoviária dispensasse forçadamente, mais de 200 funcionários.

    Cometa ônibus deve circular em 4 Estados com veículo de luxo

    Autor:

    Redação

    Data: 29/10/2014

    preco de passagens de onibus

    Ônibus Cometa são mais luxuosos do Brasil.

    Quatro estados brasileiros que compõem parte das regiões Sul e Sudeste do país deverão receber ônibus de luxo, em linhas interestaduais operadas peça viação Cometa e outras três auto viações gerenciadas pelo grupo JCA. Com investimentos superiores a R$ 70 milhões, o aglomerado que administra importantes companhias rodoviárias do Brasil, deve reforçar a frota do grupo com 73 ônibus de luxo, fabricados pela Scania, montadora de chassis, e pela Marcopolo, fabricante de carrocerias. É estimado que cada veículo custe, em média, R$ 1 milhão. O alto investimento faz parte da intenção do grupo JCA de montar um frota rodoviária com idade média de 3 anos até o início do ano que vem, além de atender todas as normas estipuladas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em linhas interestaduais.

    ANTT proíbe venda de passagens rodoviárias de quatro empresas

    Autor:

    Redação

    Data: 28/09/2014

    ANTT interdita operação de 4 empresas.

    ANTT interdita operação de 4 empresas.

    Quatro companhias de ônibus que operavam na rodoviária de Goiânia foram proibidas de venderam passagens rodoviárias e colorarem seus veículos em circulação. Responsáveis pelo transporte interestadual da capital, as auto viações tiveram que parar de circular, depois que a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) encontrou irregularidades nas apólices de seguro e outras deficientes de suas documentações. Interditadas através de uma autorização judicial, quem é cliente das companhias Lindan Transporte e Turismo, Transporte Coletivo Brasil (Transbrasil), Viação Nossa Senhora da Medianeira e Viação Esmeralda, terá que aguardam desenrolar na justiça para embarcar novamente.

    Queixa da Itapemirim passagens pode diminuir com ajuda da ANTT

    Autor:

    Redação

    Data: 17/07/2014

    Projeto da ANTT deve aumentar satisfação do cliente.

    Projeto da ANTT deve aumentar satisfação do cliente.

    Um projeto piloto usado durante os jogos da Copa do Mundo pode ser um forte aliado da Itapemirim passagens contra reclamações e queixas de usuários que viajam de ônibus para o Rio de Janeiro. De acordo com um levantamento feito por um portal de notícias, a empresa rodoviária perde apenas para a companhia Útil no número de insatisfações dos clientes que embarcaram em seus ônibus entre o começo do ano passado até os dias atuais. No total, a viação Itapemirim já registrou 554 queixas, contra surpreendentes 1.276 ocorrências recebidas pela Útil. A implantação de um serviço de fiscalização em tempo real que vem sendo testado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) pode se transformar em salvação para muitas empresas de transporte rodoviário do Brasil.

    O serviço ficará disponível nos principais terminais rodoviários das cidades brasileiras e terá a incansável missão de sanar problemas corriqueiros, como falta de assentos para idosos, atrasos nos embarques e viagens com animais.

    Venda de passagens rodoviárias em Cuiabá é interditada pela ANTT

    Autor:

    Redação

    Data: 21/05/2014

    Verde Transportes tem guichê interditado pela ANTT.

    Verde Transportes tem guichê interditado pela ANTT.

    Dois guichês de atendimento da empresa de ônibus Verde Transportes que comercializam bilhetes rodoviários na capital do Mato Grosso tiveram que fechar suas portas contra a vontade na sexta-feira passada (16).
    Durante uma operação de rotina que fiscaliza as ações da rodoviária de Cuiabá, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) interditou a venda das passagens rodoviárias da companhia que transporta mensalmente mais de 150 mil pessoas.
    Segundo a agência reguladora, a auto viação estava vendendo passagens de linhas interestaduais para as quais não tinha autorização.
    A punição aconteceu assim que a ANTT observou a divulgação e reserva das passagens. O prejuízo foi relativamente grande. Além de perder o direito provisoriamente de usar os guichês no maior terminal rodoviário do Estado, a Verde Transportes foi processada e deverá pagar multa aos órgãos responsáveis.

    Assim que os funcionários do balcão retiraram as propagandas irregulares, a ANTT liberou o atendimento novamente da empresa de transporte.

    Ônibus rodoviário garante reembolso em caso de desistência da viagem

    Autor:

    Redação

    Data: 05/05/2014

    ANTT assegura diretos de reembolso para passageiros.

    ANTT assegura diretos de reembolso para passageiros.

    Se acontecer algum imprevisto que possa atrapalhar sua viagem rodoviária já reservada, não excite mais em cancelar. Graças a uma nova resolução publicada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT no Diário Oficial da União é possível cancelar ou remarcar as passagens rodoviárias sem pagar nada por isso, até mesmo em ônibus interestaduais e internacionais. A regra apenas é válida para trajetos com mais de 75 quilômetros de distância. Além da reserva poder ser efetuada para o mesmo destino, com o mesmo tipo de veículo e companhia de ônibus sem custo, a nova lei também alterou os percentuais legais que serão cobrados em cada embarque remarcado com data e horários alterados em relação ao primeiro bilhete rodoviário.

    As passagens rodoviárias mais caras do Brasil

    Autor:

    Redação

    Data: 07/06/2012

    O estado que mais se acumulam riquezas proporcionadas pelo trabalho, já é responsável por todo um custo de vida muito alto. Podemos dizer que o estado paulista recebe grande quantidade de turistas que desembarcam em aeroportos vindos do exterior e aqueles que chegam a bordo de ônibus interurbanos de outros estados aonde muitos vem fazem compras e turismo na capital de São Paulo. As rodovias e estradas são parte de vários consórcios privados, sendo as melhores do país em qualidade do asfalto, limpeza, sinalização diurna e noturna, tendo o eixo rodoviário principal com vias duplicadas de 2 a 4 pistas para a circulação.

    Se a “capital do trabalho” movimenta muitos negócios, proporcionalmente não deixa de ter as passagens rodoviárias mais caras do Brasil, medindo-se o gasto por km percorrido. O último aumento foi nacionalmente divulgado no início do ano, para ser enfatizado em 7 capitais, segundo a ANTT (Agencia Nacional de Transportes Terrestres). O grande indicador positivo é realmente a qualidade. As mais competentes e importantes parceiras dos transportes de passageiros são as auto viações, que possuem boas frotas de ônibus rodoviários modernos, higienizados, com manutenção frequentes de serviços de verificação das estruturas e do ar condicionado, em quase 100% deles como também o fato de possuir banheiros, disponíveis nas viagens.

    Os pedágios são grandes agravantes das elevações que são conferidas nas passagens de ônibus, pois a grande parte das rotas possuem tarifas que, em alguns trechos chegam a ter um intervalo de 40 km entre guichês de cobrança, em valores maiores do que R$ 10,00. Sem dúvida as vias são muito bem cuidadas, duplicadas e contando com policiamento, serviços de socorros e telefones de S.O.S. em casos de emergência. Outro ponto vital é sobre os tempos nos trajetos, sempre podendo ser calculados em velocidades frequentes, devido à segurança para se deslocar com mais rapidez, especialmente linhas criadas com viagens expressas, que não fazem paradas em cidades adicionais. Para os viajantes com passagens rodoviárias, há postos de abastecimentos e postos de conveniência tradicionais como Frango Assado, Graal e Lago Azul, com lojas espalhadas pelas rodovias Castello Branco, Raposo Tavares, Dutra, Imigrantes, Bandeirantes e Anhanguera, entre algumas principais, com total assistência de sanitários, telefones públicos para passageiros e motoristas, onde servem refeições, lanches, salgados por todo o dia e noite, além de encontrar revistas, objetos de decoração e itens de alimentação.

    Altere passagem rodoviária até após um ano da emissão

    Autor:

    Redação

    Data: 01/06/2012

    Na legislação do Brasil desde 2009, já se vigora uma regra para o caso de não utilização das passagens de ônibus. Os passageiros que perderam suas viagens por doença, acidentes ou outros contratempos não arcaram como prejuízos, podendo remarcar os destinos mesmo após um ano da data de emissão. As companhias de transporte rodoviário já chegaram a ser penalizadas por não avisarem os compradores, que na grande maioria não sabem da existência dessa formulação. Para se refazer o itinerário perdido, não é necessário se apressar, até no caso escolher sob pressão, pois seu bilhete já foi pago e, como não foi destacado pelo motorista do veículo, ainda torna-se válido para troca.

    Em terminais interurbanos como em Governador Valadares, no estado de Minas Gerais, para mais segurança um comunicado foi expresso diretamente pelo Ministério Público Federal onde pede total atenção da concessionária de administração da estação para divulgar esse direito do consumidor em seu ambiente. Um grande banner de pelo menos 1 metro quadrado deve ser instaurado segundo o MPF, como também de introdução de cartazes nos guichês das auto viações e nas plataformas de embarque e desembarque. O objetivo é conscientizar mais as pessoas e punir empresas que usarem de má fé para arrecadarem mais passagens rodoviárias. Essa prática é vista por ilegal, sendo fiscalizada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), de olho em abusos com usuários nos terminais, não permitindo a baixa publicidade para o sistema de viagens rodoviárias

    Esse site tem com base dar assistência para passageiros, dicas e informações úteis e atuais sobre passagens de ônibus e de todo o processo como indicar viações corretas e dentro das normas de fiscalização. Os tripulantes devem estar atentos e saber que até o momento da partida, todo o valor pode ser devolvido 100%, na desistência. Nesses momentos, as agências transportadoras simulam procedimentos que são falsos como o prazo de 3 ou até 24 horas antecedentes para devolução ou fazem até a intervenção, porém reembolsando parcialmente. A lei em funcionamento desde 2009 se focou principalmente por denúncias realizadas por mais de 30 pessoas e publicações na mídia, onde apresentou a falha do conhecimento e assim, uma oportunidade em prol da sociedade.