• Viação Cometa inaugura guichê para viagens intermunicipais

    Autor:

    Redação

    Data: 30/05/2014

    Viação Cometa vende passagens em terminal.

    Viação Cometa vende passagens em terminal.

    A viação Cometa ganhou uma concessão para os próximos 30 meses com a intenção de vender passagens de ônibus intermunicipais dentro do Terminal São Paulo.
    Até 2017, o terminal rodoviário que oferece linhas rodoviárias para diversas cidades da região metropolitana de São Paulo, terá um ponto de venda exclusivo para atender clientes da companhia de ônibus mais famosa do Estado.
    O ponto de venda de bilhetes já está em funcionamento desde quarta-feira da semana passada. Os valores da tarifa são os mesmos cobrados dentro da estação rodoviária.
    Outras empresas de ônibus mostraram interesse em se instalar no espaço concedido por regime de permissão onerosa de uso. A Cometa, porém, vendeu a concorrência, disposta a pagar mais pelo local, conforme está estabelecido pela Lei de Licitações.

    De acordo com dados da Urbes que cuida do trânsito e do transportes rodoviários da cidade paulista, representantes da auto viação deram lance no valor de R$ 4.201,10 a serem pagos mensalmente para conquistar o direito de comercializar as passagens rodoviárias. No total, o investimento deve ultrapassar a casa dos R$ 126 mil até que o contrato acabe. Se a empresa achar viável, poderá renovar a aquisição do guichê rodoviário por mais 30 meses.

    Desempregados de Goiânia podem não comprar passagem rodoviária

    Autor:

    Redação

    Data: 28/05/2014

    Desempregados podem embarcar sem pagar.

    Desempregados podem embarcar sem pagar.

    Se o projeto de lei criado pela vereadora Cida Garcês, do Partido Verde, for aprovado, desempregados que moram na capital de Goiás poderão embarcar em viagens rodoviárias sem pagar nada por isso.
    O pedido que tramita na Câmara Municipal de Goiânia pede o embarque de pessoas que estejam desempregadas e que não estejam recebendo o seguro desemprego, sem comprar passagem rodoviária até que arrumem um trabalho.
    A gratuidade, no entanto, seria válida em um período de dois meses, como forma de reduzir gastos da população e estimular a procura de novas vagas por aqueles que se encontram parados.
    A ideia é disponibilizar por dia até duas passagens de ônibus para que o morador possa ir a voltar sem pagar.

    A responsabilidade pela fiscalização, distribuição e controle das gratuidades ficaria a cargo de funcionários da Secretaria Municipal de Assistência Social da capital (SEMAS), já que se trata de um benefício mais assistencial do que propriamente de transporte e locomoção.

    Indicação e preço impulsionam venda de passagem online

    Autor:

    Redação

    Data: 26/05/2014

    Indicação é fundamental para compra de passagem online.

    Indicação é fundamental para compra de passagem online.

    Os dados de uma pesquisa encomendada por um site de venda de passagens rodoviárias estão ajudando a entender quais os principais critérios utilizados pelos consumidores na hora de reservar as viagens e fechar uma compra entre empresas e serviços concorrentes.
    Mais do que a própria idoneidade da agência virtual ou das opções entre as companhias de ônibus e as aéreas, quem tem boas indicações é que costumam se dar melhor nas vendas.
    Segundo o levantamento feito com dezenas de consumidores de passagem online para viagens de ônibus e de avião, indicações de quem já experimentou o serviço quase sempre colaboram para novas compras e pesquisas entre os sites desses mercados.

    Mesmo assim, o que é levado mais em consideração é o preço pago para embarcar. Apesar de mostrarem preocupação com questões relacionadas a segurança e a praticidade que envolve desde o processo de comprar as passagens de ônibus e de avião até retirar o voucher no local do embarque, as promoções e os preços mais em conta tem realmente maior influência na hora de cativar o cliente. De acordo com a pesquisa, o preço é o primeiro item a ser avaliado no momento da aquisição online.

    Passagens de ônibus voltam a ser alvo de manifestação em BH

    Autor:

    Redação

    Data: 23/05/2014

    Manifestações param trânsito de São Paulo.

    Manifestações param trânsito de São Paulo.

    Mais uma vez o reajuste nas passagens de ônibus voltou a ser tema de manifestações e protestos nas ruas da capital de Minas Gerais.
    Um grupo de aproximadamente 30 pessoas formado pelo Movimento Tarifa Zero se reuniu ontem, dia 22, em Belo Horizonte para protestar.
    Apesar da pouca quantidade de pessoas envolvidas com a manifestação, a Avenida Afonso Pena ficou com o trânsito parado depois que integrantes do movimento fizeram uma passeata no local.
    O reflexo da paralisação na avenida deixou lentidão no centro da cidade mineira.
    Como o próprio nome sugere, o objetivo do protesto era a diminuição do preço cobrado nas passagens rodoviárias da capital e uma auditoria pública para debater o futuro do sistema de transporte público de BH.

    O encontro foi marcado através das redes sociais. A Igreja São José foi o local de partida dos manifestantes.
    Já eram 18 horas quando o grupo seguiu caminhando até a sede da prefeitura de Belo Horizonte com gritos de ordem e cartazes pedindo a redução das passagens. Com o movimento a Avenida Afonso Pena ficou interditada no sentido Centro/Mangabeiras.

    Venda de passagens rodoviárias em Cuiabá é interditada pela ANTT

    Autor:

    Redação

    Data: 21/05/2014

    Verde Transportes tem guichê interditado pela ANTT.

    Verde Transportes tem guichê interditado pela ANTT.

    Dois guichês de atendimento da empresa de ônibus Verde Transportes que comercializam bilhetes rodoviários na capital do Mato Grosso tiveram que fechar suas portas contra a vontade na sexta-feira passada (16).
    Durante uma operação de rotina que fiscaliza as ações da rodoviária de Cuiabá, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) interditou a venda das passagens rodoviárias da companhia que transporta mensalmente mais de 150 mil pessoas.
    Segundo a agência reguladora, a auto viação estava vendendo passagens de linhas interestaduais para as quais não tinha autorização.
    A punição aconteceu assim que a ANTT observou a divulgação e reserva das passagens. O prejuízo foi relativamente grande. Além de perder o direito provisoriamente de usar os guichês no maior terminal rodoviário do Estado, a Verde Transportes foi processada e deverá pagar multa aos órgãos responsáveis.

    Assim que os funcionários do balcão retiraram as propagandas irregulares, a ANTT liberou o atendimento novamente da empresa de transporte.

    Procura por ônibus é falha em torno de estádios da Copa do Mundo

    Autor:

    Redação

    Data: 19/05/2014

    Acessibilidade até estádios é precária.

    Acessibilidade até estádios é precária.

    Apesar da qualidade dos gramados e da infraestrutura interna dos estádios brasileiros que receberão os jogos da Copa do Mundo estar impecável, o acesso até a entrada principal e a busca de ônibus até os arredores do local ainda está bem comprometida.
    O que sobra de elogios para dentro da construção, falta adjetivos para criticar o planejamento e comprometimento fora dele.
    Só em Cuiabá, no estado de Mato Grosso, onde foi construída a nova Arena Pantanal para substituir o antigo estádio Verdão, o governo desembolsou R$ 519,4 milhões e mesmo assim acredita que o valor não é suficiente para aperfeiçoar o transporte de turistas em torno da obra.
    O caminho até a porta do complexo esportivo é acompanhada de muita poeira e sujeira oriunda da própria construção do local.

    Manifestação contra Copa do Mundo prejudica passagem de ônibus

    Autor:

    Redação

    Data: 16/05/2014

    Muitos brasileiros não estão nem ai para o Mundial.

    Muitos brasileiros não estão nem ai para o Mundial.

    Parece mesmo que boa parte da população brasileira não está nem ai para a Copa do Mundo. Por causa da carência de recursos e repasses para áreas mais importantes como Saúde e Educação, e gastos desnecessários com a construção de novos estádios de futebol, protestar parece uma das melhores opções durante esse mundial.
    Há poucas semanas da bola rolar, milhares de pessoas estão invadindo avenidas do Brasil para protestar contra o evento da FIFA.
    São Paulo, Recife, Rio de Janeiro e Brasília são os locais onde se cria a maior concentração de pessoas dispostas a reivindicar seus direitos e protestar contra a realização da Copa.

    Por causa da aglomeração nas principais avenidas do país, quem depende do transporte rodoviário está sofrendo. Várias linhas rodoviárias estão sendo interditas e o atraso na hora de chegar ao trabalho ou retornar para casa é inevitável.
    Manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) chegaram a protestar a três quilômetros do estádio Itaquerão, de onde será o palco de abertura do torneio, na última quinta-feira (15).

    Rodoviária São Paulo – terminal Tietê não cumpre regulamentação

    Autor:

    Redação

    Data: 14/05/2014

    Acompanhantes não podem ficar no setor de embarque.

    Acompanhantes não podem ficar no setor de embarque.

    A rodoviária São Paulo – terminal Tietê não está cumprindo a regulamentação que proíbe o acesso de acompanhantes na área restrita de embarque dos passageiros.
    Mesmo depois de protagonizar um grave acidente envolvendo uma morte e cinco feridos em uma de suas plataformas de embarque, a Socicam – empresa que administra o terminal rodoviário, nada fez para controlar o movimento.
    Em 17 de fevereiro, cinco pessoas ficaram feridas e uma morreu após ser atingida por um ônibus da companhia Itapemirim.
    O pior é que nem ela e nenhuma das outras rodoviárias de São Paulo estão fiscalizando a entrada dos passageiros até o local de pegar o coletivo.

    Com exceção das demais, o terminal Barra Funda é o único que tem placas de sinalização em seus portões com a mensagem de que é proibida a permanência de acompanhantes na plataforma de embarque. Mesmo com o aviso, muitos se aglomeram no local por falta de fiscalização.

    Meta 2014 da Guanabara passagens é explorar o Piauí

    Autor:

    Redação

    Data: 12/05/2014

    Empresa rodoviária quer explorar novos Estados.

    Empresa rodoviária quer explorar novos Estados.

    Enquanto a oferta por passagens rodoviárias pode ser maior com a renovação e ampliação da frota de ônibus em capitais como Brasília e São Paulo, construir novas unidades e aumentar o atendimento em novos Estados tem sido uma das metas de trabalho para este ano, adotadas pela Guanabara passagens.
    Desde abril, a companhia de ônibus que tem presença marcada em pelo menos 12 estados brasileiros, já circula com mais de 30 veículos novos, garantidos através de um programa de renovação proposto pela direção operacional da empresa.
    Segundo o responsável pelo setor, Carlos Magalhães, a auto viação é composta por 405 ônibus. Só na capital federativa do Brasil, estão em operação 42 linhas intermunicipais oferecidas pela Expresso Guanabara.

    Para Magalhães, a idade limite de circulação dos veículos deve ser respeitada. “A renovação constante da nossa frota é uma prioridade”, explica.
    Apesar da preocupação com as condições de funcionamento e conforto nos ônibus serem grandes, a empresa está abrindo mão temporariamente de concorrer com linhas rodoviárias em estados já atuantes para conquistar novos mercados ainda pouco explorados pelo setor rodoviário.

    Itapemirim passagens congela tarifa durante Copa do Mundo

    Autor:

    Redação

    Data: 10/05/2014

    Guanabara passagens dá dicas de como viajar durante o carnaval sem gastar muito dinheiro.

    Preço de passagem de ônibus não vai subir na Copa.

    Mais da metade das passagens aéreas comercializadas durante a Copa do Mundo estão mais caras do que o habitual. Por isso, viajar de avião enquanto os melhores jogadores de futebol do mundo estiverem em nosso país, não vai ser uma boa ideia para as finanças.
    Há praticamente um mês da bola rolar oficialmente no torneio realizado pela FIFA, as reservas feitas em sites especializados na venda de passagens pode chegar a ser até dez vez mais caras do que o consumidor está acostumado a pagar.
    A diferença nas tarifas aéreas é tão grande que viajar pelos ares brasileiros no mês de junho pode sair mais caro do que ir para países europeus ou conhecer o Estados Unidos.

    Quem mais está sentindo a mudança são os paulistas e cariocas que atravessam o eixo Rio-São Paulo com frequência em busca de trabalho e diversão. A ponte aérea entre o aeroporto de Congonhas e o Santos Dumont foi o trecho que mais encareceu.

    1 2