• Venda de passagens de onibus já é possível no relógio

    Autor:

    Redação

    Data: 26/09/2013

    Comprar passagens de ônibus no relógio

    Já imaginou se fosse possível comprar passagens de onibus ou simplesmente efetuar determinadas compras usando um pertence pessoal, como um relógio de pulso, por exemplo? Acontece que isso já é realidade em duas cidades do Brasil graças a uma nova tecnologia com utilização de um chip, parecido com os que usamos nos aparelhos celulares. A Rede Ponto Certo, uma grande rede de recarga do transporte público e responsável pela administração dos créditos dos bilhetes de ônibus únicos usados na cidade de São Paulo é quem trouxe essa novidade ao Brasil. A empresa realiza testes com um relógio de pulso capaz de efetuar pagamentos das passagens rodoviárias.

    O super relógio, ou dispositivo, possui funções semelhantes à de um cartão de crédito e já pode ser visto em Recife, capital de Pernambuco e no município de Ribeirão Preto, localizado no interior do Estado de São Paulo. Watch2pay, como é caracterizado, não é um relógio comum. É uma espécie de suporte com capacidade para realizar pagamentos com cartão pré-pago integrado com o cartão de transporte público. A modernidade é aguardada com ansiedade pelos mais jovens. Não há nada no mercado mais rápido, prático e moderno. O uso deste tipo de tecnologia traz uma série de vantagens aos tripulantes de ônibus. Além de aceitar cartões pré-pagos e de débito, o relógio realizada toda a transferia pela internet, é seguro e fácil de recarregar.

    Repasse na tarifa de ônibus rodoviário de Limeira é aprovado

    Autor:

    Redação

    Data: 02/09/2013

     

     Repasse tarifa ônibus rodoviário

    Falta pouco para a prefeitura e empresas de ônibus rodoviário comemorarem a liberação da verba para subsidiar a redução das passagens, parcialmente aprovada pela Câmara de Limeira, no interior do Estado de São Paulo. O projeto de lei encaminhado pelo prefeito Paulo Hadich do PSB, vai garantir a todos os dependentes do transporte público municipal, a redução no valor das tarifas de pelo menos 10 centavos através de verbas para subsidiar a diferença nas catracas. Até então, os vereadores de Limeira já aprovaram um repasse contendo nove emendas que altera o que Hadich havia sugerido anteriormente.

    Em meados de junho ainda neste ano, o prefeito disse que apresentaria um projeto de liberação e compensação para as empresas de ônibus licitadas no valor de R$ 480 mil mensais. A ideia inicial era garantir a redução no valor dos bilhetes de ônibus passando a ser comercializado de R$ 2,85 para R$ 2,75, ou seja, 10 centavos mais barato. A vantagem na aprovação do repasse não está apenas na indicação da prefeitura para subsidiar os descontos. Uma das emendas criadas por uma vereadora exige do governo a divulgação de um estudo de reestruturação e processos para melhoria no sistema de ônibus passagens público da cidade. É um processo que torna o serviço rodoviário mais transparente e garante a permanência de padrões de qualidade. O mesmo aconteceu com outra emenda, garantindo que novas reduções e revogações aconteçam no futuro quando houver necessidade.